Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Aconteceu no mundo’ Category

Texto verdadeiro e muito bem redigido por algumas mães do grupo Futuro do Presente. Faço minha pequena parte ao compartilhá-los com vocês e peço que também o divulguem aos seus contatos. Afinal, quem não deseja um mundo melhor para nossos filhos?

 

Que futuro terão nossos filhos?

Aproveitamos o sentimento de indignação e tristeza que nos abalou nos últimos dias para convoca-los para uma mobilização pelo futuro das nossas crianças. A tragédia absurda ocorrida na escola em Realengo (Rio de Janeiro) é resultado de uma estrutura complexa que tem regido nossa vida em sociedade. O problema vai muito além de um sujeito qualquer decidir invadir uma escola e atirar em crianças. Armas não nascem em árvores.

A coisa está feia: choramos por essas crianças, mas não podemos nos deixar abater pelo medo, nem nos submeter aos valores deturpados que têm regido nossa sociedade propiciando esse tipo de crime. Não vamos apenas chorar e reclamar: vamos assumir nossa responsabilidade, refletir, trocar ideias e compartilhar planos de ação por um futuro melhor. Então, mães e pais, como realizar uma revolução que seja capaz de mudar esses valores sociais inadequados?

Vamos agir, fazer barulho, promover mudanças! Acreditamos na mudança a longo prazo. Precisamos começar a investir nas novas gerações: a esperança está na infância. Vamos fazer nossa parte: ensinar nossos filhos pra que façam a deles.

Se desejamos alcançar uma paz real no mundo,

temos de começar pelas crianças. Gandhi

O que estamos fazendo com a infância de nossas crianças?

Com frequência pais e mães passam o dia longe dos filhos porque precisam trabalhar para manter a dinâmica do consumo desenfreado. Terceirizam os cuidados e a educação deles a pessoas cujos valores pessoais pensam conhecer e que não são os valores familiares. Acabamos dedicando pouco tempo de qualidade, quando eles mais precisam da convivência familiar. Assim, como é possível orientar, entender, detectar e reverter tanta influência externa a que estão expostos na nossa longa ausência? Estamos educando ou estamos nos enganando?

O que vemos hoje são crianças massacradas e hiperestimuladas a serem adultos competitivos desde a pré-escola. Estão constantemente expostos à padronização, competição, preconceito, discriminação, humilhação, bullying, violência, erotização precoce, consumo desenfreado, culto ao corpo, etc.

O estímulo ao consumo desenfreado é uma das maiores causas da insatisfação compulsiva de nossa sociedade e de tantos casos de depressão e episódios de violência. Daí o desejo de consumo ser a maior causa de crime entre jovens. O ter superou o ser. Isso porque a aparência é mais importante do que o caráter. Precisamos ensinar nossos filhos que a felicidade não está no que possuímos, mas no que somos. Afinal, somos o exemplo e eles repetem tudo o que fazemos e o modo como nos comportamos. E o que ensinamos a nossos filhos sobre o consumo? Como nos comportamos como consumidores? Onde levamos nossos filhos para passear com mais frequência? Em shoppings?

Quanto tempo nossos filhos passam na frente da TV? 10 desenhos por dia são 5 horas em frente à TV sentados, sem se movimentar, sem se exercitar, sendo bombardeados por mensagens nem sempre educativas e por publicidade mentirosa que incentiva o consumo desde cedo, inclusive de alimentos nada saudáveis. Mais tempo do que passam na escola ou mesmo conosco que somos seus pais!

Porque os brinquedos voltados para os meninos são geralmente incentivadores do comportamento violento como armas, guerras, monstros, luta? A masculinidade devia ser representada pela violência? Será que isso não contribui para a banalização da violência desde a infância? Quando o atirador entrou na escola com armas em punho, as crianças acharam que ele estava brincando.

Nós cidadãos precisamos apoiar ações em que acreditamos e cobrar do Estado sua implementação, como o controle de armas, segurança nas escolas, mudança na legislação penal, etc. Mas acima de qualquer coisa precisamos de pessoas melhores. Isso inclui educação formal e apoio emocional desde a infância. É hora de pensar nos filhos que queremos deixar para o mundo, para que eles possam começar a vida fazendo seu melhor. Criança precisa brincar para se desenvolver de forma sadia. É na brincadeira que elas se descobrem como indivíduos e aprendem a se relacionar com o mundo.

Nós pais precisamos dedicar mais tempo de convivência com nossos filhos e estar atentos aos sinais que mostram se estão indo bem ou não. Colocamos os filhos no mundo e somos responsáveis por eles! Eles precisam se sentir amados e amparados. Vamos orientá-los para que eles sejam médicos por amor não por status, que sejam políticos para melhorar a sociedade não por poder, funcionários públicos por competência e não pela estabilidade, juízes justos, advogados e jornalistas comprometidos com a verdade e a ética, enfim!

Precisamos cobrar mais responsabilidade das escolas que precisam se preocupar mais em educar de verdade e para um futuro de paz. Chega de escolas que tratam alunos como clientes.

Não temos mais tempo a perder. Ou todos nós, cedo ou tarde, faremos parte da estatística da violência. Convidamos todos a começar hoje. Sabemos que não é fácil. E alguma coisa nessa vida é? Vamos olhar com mais atenção para nossos filhos, vamos ser pais mais presentes, vamos cobrar mais da sociedade que nos ajude a preparar crianças melhores para um mundo melhor!

Nossa proposta aqui é de união e ação para promover uma verdadeira mudança social. A mudança do medo para o AMOR, do individualismo para a FRATERNIDADE e para a EMPATIA, da violência para a GENTILEZA e a PAZ.

Ana Cláudia Bessa www.futurodopresente.com.br

Cristiane Iannacconi www.ciclicca.blogspot.com

Letícia Dawahri http://sorrisosdaalma.blogspot.com

Monique Futscher www.mimirabolantes.blogspot.com

Renata Matteoni www.rematteoni.wordpress.com

Se você gostou do conteúdo e quer se juntar à nós, publique esta carta agora em seu blog e vamos todos juntos mostrar que queremos uma sociedade melhor e que estamos prontos para o desafio de criar pessoas melhores.

Não tem blog? Mande a carta por e-mail aos amigos, dissemine esta idéia.

Além disso, vamos imprimir e levar para a escola de nossos filhos para conseguir que ela seja distribuída nas agendas  aos outros pais. Vamos agir, vamos movimentar a sociedade. Vamos mostrar a importância que a presença dos pais tem na vida das crianças, futuros cidadãos.

Read Full Post »

Cada vez que penso em voltar a morar no Rio de Janeiro leio uma notícia dessas e me dá um embrulho no estômago. Sei que a violência está em toda parte, mas parece que a cidade maravilhosa está fora de controle, que os jovens não saem mais apenas para se divertir e a maldade humana afeta mesmo quem é da paz. Peço a Deus que dê muita força aos familiares do Daniel Duque e que seu espírito possa ser amparado nesse momento difícil. Quem é mãe não tem como não se emocionar e sofrer junto com a Daniela. Tenha fé, a justiça será feita. Quem puder participar, será feita uma manifestação pela paz no próximo sábado, dia 5/julho, às 9 horas, na Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema.

Read Full Post »

Pequena Isabella

Tentei não escrever sobre o caso da menina Isabella para não julgar sem provas, porém hoje eu desabei ao assistir ao noticiário, logo após ler a minha revista semanal, na qual o caso é assunto da capa. Senti muito nojo, revolta e tristeza, ou como disse meu marido ao sair da sala, “tudo isso dá um embrulho no estômago“. É inconcebível que os pais, a quem nós devemos nossa vida na Terra, sejam os responsáveis por tirá-la. Os fatos e as evidências que culpam o casal Alexandre e Anna Carolina já foram amplamente divulgados, não é isso que quero abordar aqui. O que me dá mais nojo é ver familiares partilhando de tamanha farsa. Cadê o pai que não pega o filho pelo braço e o faz arcar com as conseqüências dos seus atos? Não é assim que devemos educar nossos filhos? E a mãe dessas criaturas, lamenta a educação fracassada ou passa a mão na cabeça dos coitadinhos? Sem falar na irmã, nos amigos e nos demais familiares. Ninguém sabe o que de fato aconteceu? Será que todos estão conseguindo colocar a cabeça no travesseiro e dormir com a consciência tranqüila? Sei que às vezes eu pareço acreditar em um mundo irreal e perfeito, mas não é assim que as coisas deveriam ser? Ou nossas ilusões também estão morrendo?

A Isabella, esse espírito que foi brutalmente arrancado do seu corpo físico, deve estar bem amparada, longe de todas as maldades do mundo em que vivemos. No entanto, deixa um enorme vazio naqueles que a amam de verdade. Por isso, rogo a Deus que sua mãe seja iluminada e encontre forças para seguir em frente, sem se questionar se agiu certo ou errado ao deixá-la conviver com o pai – que de pai só demonstra ter o grau de parentesco. E peço também pelos seus irmãos, principalmente pelo de 3 aninhos, que deve ter presenciado os atos praticados por seus pais. Tudo tem uma razão, não devemos qustionar os desígnios de Deus, mesmo que muitas vezes não os entendamos. É muito difícil, porém só assim conseguimos seguir em paz.

Sinto que nosso mundo está cada vez pior… É tudo muito triste… Eu, que sou tida como a forte para determinadas notícias, mesmo que no meu mundo eu esteja em prantos, hoje chorei.

Já havia postado esse vídeo aqui e resolvi publicá-lo novamente porque ele resume um pouco do que penso sobre esses seres humanos envolvidos na morte da Isabella.

Read Full Post »

Assisti ao documentário “Rebelião de Tubarões” produzido pelo Discovery Channel com um misto de identificação com o lugar (ei, eu moro aí!) e muito medo. O programa tenta explicar os motivos dos ataques de tubarão no Recife, quais são as espécies encontradas na região e por que o número de ataques à banhistas aumentou tanto nos últimos anos.
Sempre soube que as praias de Boa Viagem e de Piedade eram muito perigosas, encontramos diversas placas espalhadas pela orla, assim como salva-vidas em jet ski tirando os mais abusados de dentro do mar. Logo que chegamos no nordeste, eu juro que entrava no mar com água até o pescoço, o Gui levava sua pranchinha e achava um certo exagero. Quanta irresponsabilidade! Era meio inacreditável imaginar que poderíamos estar participando do filme Tubarão… Porém, depois que várias pessoas nos alertaram e soubemos de casos reais envolvendo adultos, crianças e até animais de estimação, resolvemos não arriscar mais. Um pecado, pois a temperatura da água é espetacular, sempre morninha, do jeito que eu gosto (e os tubarões também). Agora só entro quando é lua cheia e a maré está baixa, formando as piscinas nos arrecifes. Do contrário, água até a canela e com cautela!
Adorei o documentário e o Gui vibrou, explicando-me o detalhe de cada espécie: tubarão-tigre, tubarão-cabeça-chata etc. Apesar de ser uma produção de 2006, apenas hoje eu consegui assistir – confesso que não sou muito fã de televisão. Quem se interessar, domingo, dia 16 de dezembro, tem repeteco no Discovery Channel às 15 horas. Assista, saiba que é real mesmo e infelizmente não é uma produção do Spielberg. Mais um dos problemas provocados pelo homem no meio-ambiente…

Read Full Post »

Cuidado!!! Se você não consegue viver sem a Internet, sofre quando não consegue acessar seus e-mails e conectar-se com o mundo virtual, leia a reportagem:
Centros na Ásia tratam viciados em Internet com disciplina militar, O Globo online.

Read Full Post »

Copa 2014

Apesar de todos os pontos negativos que envolvem um evento desse porte no nosso país, fiquei muito feliz pelo Brasil ter sido escolhido pela FIFA para sediar a Copa de 2014. Sei que depois da experiência do PAN 2007 ficamos mais “escaldados”… além dos investimentos que deverão ser feitos, espero que, até a data, toda a parte de infra-estrutura necessária seja realizada para não passarmos vergonha com os outros países. No fundo, tenho certeza de que os brasileiros vão vibrar por realizar a Copa do Mundo em casa e poder torcer pelo Brasil na arquibancada! Dica de um ótimo texto sobre o assunto: Cinco bons motivos para a Copa ser aqui (que podem virar maus), do blog do Marmota.

Read Full Post »

Tomei conhecimento do caso da Ana Virgínia nos blogs da Luma, Veridiana e Luci. Ana Virgínia é uma brasileira que está presa, sem chances de defesa e sofrendo em Portugal. O caso já foi denunciado para a Anistia Internacional e, se você quiser ajudar, peço que divulgue e preencha a petição online. Essa petição será encaminhada ao nosso Presidente e ao Ministro da Justiça. Transcrevo abaixo o que foi publicado pela Luci, do blog Hippos, em 12 de setembro:
“ANA VIRGINIA MORAES SARDINHA, brasileira, solteira, administradora de empresa, CPF sob nº 512468645-68, Rg sob nº 03715989-58, SSP/BA, residente e domiciliada na Cidade do Salvador,na Rua Sao Raimundo, 119, apt 1002, Bairro das Merces, que, desde o dia 05 do mes de julho do ano presente se encontra encarcerada no Estabelecimento Penal de Tires, sob nº,202, sob a acusacao de ter contribuido para a morte do filho menor de 06(seis ) anos, Leonardo Brittes Sardinha, cujo corpo foi trasladado para o Brasil e sepultado em Salvador- Bahia.O relacionamento de ANA VIRGINIA e o jovem de origem português, Nuno Guilherme de Almeida Sampaio, Identidade 10346594/4, residência no Empreendimento Quinta do Sol, casa 50, Lugar de ALBARROIS, Freguesia de Triana, Conselho de Alenquer, foi iniciado há dois anos, em um hotel em que ambos se hospedava, ele em viagem de lazer, ela participando de Capacitação profissional por determinacao da empresa em que trabalhava.
Nuno esta foragido.O infortunio que ceifou a vida de Leonardo ocorreu quando a mae ministrava medicacao PRESCRITA POR MEDICO BAHIANO, que o acompanhava desde que a enfermidade,epilepsia moderada, se manifestara.
O menor entrou em crise na hora em que ingeria a medicacao, se engasgou, , vindo a falecer, a mae tentou o socorro, acionando o Corpo de Bombeiro, porem, estava em uma terra estranha, sem conhecer para quem recorrer em situacao emergencial.
A constatacao da morte do filho menor, a impulsionou a situacao de tal desespero, que levou-a a cortar os pulsos, que a levou durante dez dias ao estado comatoso.
A situacao de Ana Virginia e desesperadora, com fundamento nos Tratados Internacionais de Direitos Humanos, dos quais Portugal e Brasil, sao signatarios a prisao e absolutamente ilegal, pois, nao foi oferecida denuncia pelo Ministerio Publico e nao ha qualquer prova de que ela assassinado o filho menor impubere.
Segundo os medicos que lhe prestam atendimento, decorrente da violencia fisica sofrida no carcere, ela perdeu os movimentos do braco esquerdo.”
Não consigo imaginar tamanho sofrimento e, como ser humano e mãe, peço sua ajuda para essa brasileira.

Read Full Post »

Older Posts »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 32 outros seguidores